“Arrombaram Mato Grosso, agora é preciso colocar as tramelas”, diz Pedro Taques

Por: FELIPE LEONEL

O governador Pedro Taques (PSDB) afirmou que o Estado de Mato Grosso foi “arrombado por cinco anos” durante a gestão do ex-governador Silval Barbosa. A declaração foi dada durante o lançamento do programa “Mira Cidadão”, que tem como objetivo dar mais transparência aos gastos governamentais.
De acordo com o chefe do Executivo Estadual, após a porta ser arrombada é preciso colocar as “taramelas”. “Minha vó diz o seguinte: Depois da porta arrombada, nós temos que colocar tranca, uma tramela. Mato Grosso foi arrombado”, disse Pedro Taques, durante pronunciamento, no Palácio Paiaguás.

Para o governador, o Mira Cidadão seria a “tramela” para evitar novos arrombamentos dos cofres estaduais. Na delação firmada pelo ex-governador junto à Procuradoria-Geral da República (PGR), deixa explicito desvios na ordem de mais de R$ 1,5 bilhão do Erário. “O Mira Cidadão é para evitar que isso volte a acontecer”, completou Taques.

O programa visa facilitar o acompanhamento e fiscalização das despesas públicas do Poder Executivo. A ferramenta capta em tempo real as informações do Sistema Integrado de Planejamento, Contabilidade e Finanças (Fiplan) do Estado e as disponibiliza em linguagem de fácil compreensão e com uma configuração clara e intuitiva.

A ferramenta é atualizada diariamente para que todo cidadão possa fiscalizar cada centavo investido no Estado. “Nossa intenção é fazer a transparência acontecer de fato e fomentar o controle social das despesas públicas para que todos nós caminhemos juntos, tornando o Estado mais eficiente e justo”, explicou o controlador geral do Estado, Ciro Rodolpho Gonçalves.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here