Baixa oferta de gado pressiona aumento no preço no Estado; IMEA aponta 60% em relação ao no ano passado

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) constatou que a cotação da arroba do boi gordo ficou na média de R$ 296,01/@, em março, tendo acréscimo de 1,97% em relação a fevereiro. Nesse viés, ao comparar os preços consolidados em Mato Grosso no 1º trimestre com o mesmo período do ano passado, “observou-se que o avanço foi superior a 60%, em termos nominais. Isso porque, apesar do menor consumo de carne bovina na ponta da cadeia, a baixa disponibilidade de animais no Estado vem impulsionando esse cenário”, analisa.

Além disso, mesmo com a menor oferta sendo justificada pelo atual momento do ciclo pecuário, com a disponibilidade de pasto, o pecuarista também tem optado por manter seus animais dentro da porteira até a realização de negócios mais atrativos –já que os custos de produção também estão em alta. Diante disso, as estimativas dos preços no mercado futuro seguem em elevados patamares. Para se ter ideia, o contrato de maio fechou na média de R$ 284,34/@, valor 61,95% maior do que o realizado em maio do ano passado, no mercado físico”, conclui o IMEA.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here