Governador diz que ‘oficialmente’ Mato Grosso não tem confirmação de Coronavírus; assista

O governador Mauro Mendes está concedendo entrevista coletiva, neste momento, anunciando novas medidas preventivas para evitar o Coronavírus. “Não temos oficialmente pela metodologia do Ministério da Saúde nenhum caso ( confirmado no Estado). A contra prova foi remetida a órgãos oficiais e esperamos confirmação”, declarou. Nesta terça-feira à noite, a prefeitura de Rondonópolis informou que constatou um caso. Em Cuiabá é esperado resultado de contra prova de outro exame.

O secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, informou que, esta tarde, foi divulgada a nota informativa 14 com dados oficiais do governo do Estado com 25 casos suspeitos – dentre eles 6 deles em Cuiabá, 4 em Rondonópolis, um em Lucas e um em Sinop. “Os casos noticiamos como definitivos (um Cuiabá e outro em Rondonópolis) estão no nosso radar e estamos aguardando contra prova”. O secretário explicou que o principal protocolo para unidades de saúde pública e privadas e a notificação para o sistema de vigilância do governo e o caso de Rondonópolis não foi feito. Os laboratórios que fazem exames também devem ser credenciados. “Quero tranquilizá-los que temos equipe muito competente para implantar ações necessárias, com segurança”, reforçou Gilberto.

Mauro anunciou como medidas o credenciamento para contratação emergencial de profissionais da saúde; em hospitais públicos e privados, fica restrito a um acompanhante por paciente internado, por tempo indeterminado; suspensão de agendamentos de cirurgias eletivas em hospitais estaduais; fica recomendada ao setor privado a suspensão de eventos que concentrem mais de 50 pessoas em ambientes fechados e mais de 100 em ambientes abertos, a exemplo de atividades em feiras, academias, cinemas, clubes, missas, bares, restaurantes e boates. Outra medida definida hoje é que empresas concessionárias de transporte público no Estado devam adotar medidas para garantir maior higiene. As visitas em todas as cadeias, unidades e socioeducativos ao Estado de Mato Grosso ficam suspensas por 15 dias, podendo ser prorrogadas.

O governador reforçou que “é muito importante, determinante, que todos nós continuemos tomando medidas preventivas, de contato social e de higiene”, reforçou. “Recebemos doação das indústrias de álcool de 200 mil litros de álcool 70% que serão usados nos hospitais e órgãos públicos estaduais para ajudar na higiene”. “Estamos fazendo operação de guerra (para distribuição nos municípios”, anunciou o governador.

O médico Abdon Salam Khaled Karhawl também participa da entrevista coletiva. Ele disse que não é preciso preocupação se não for encontrado álcool gel. “Se fizerem higiene com água e sabão é importante. Não é só com álcool gel. Evitar aglomeração de pessoas é muito importante”. “As pessoas mais idosas devem evitar de sair”. “A aglomeração de crianças deve ser restrita. Não é para ir para o parque brincar, não se aglomerar na rua. É preciso restringir contato social. Não foram suspensas aulas para brincar, é para ficar em casa e é importante os pais entenderem isso e limitar”.

Ele aponta que Mato Grosso está tomando medidas importantes, corretas e deve ter impacto menores”.

Assista

GOVERNO ANUNCIA NOVAS MEDIDAS CONTRA O CORONAVÍRUS

O governador Mauro Mendes, juntamente com o Gabinete de Situação, anunciou mais uma série de medidas preventivas para conter o avanço do Coronavírus em Mato Grosso.

Posted by Governo de Mato Grosso on Wednesday, March 18, 2020

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here