Hoje abertura nacional do plantio: Brasil deve plantar mais soja e menos milho, arroz, feijão e algodão

O maior evento da sojicultura brasileira trará palestras com perspectivas para esta nova temporada.

Os produtores brasileiros devem semear uma área recorde de soja na safra 2019/2020, o plantio está liberado a partir de hoje, mas o ritmo de crescimento deve ser menor que em ano anteriores. Incertezas relacionadas à situação fiscal do país e ao quadro de oferta e demanda internacional devem limitar a intenção de plantio do produtor, de acordo com relatório divulgado, nesta sexta-feira (19/7), pela consultoria Safras & Mercado.

A consultoria estima que as lavouras de soja no Brasil devem totalizar 36,631 milhões de hectares. Se confirmada, será uma expansão de apenas 0,8% em relação ao ciclo 2018/2019, quando foram plantados, de acordo com a empresa, 36,339 milhões.

Em nota, o analista de mercado Luiz Fernando Roque diz que o produtor vive um momento de incerteza. Menciona, entre esses fatores, as discussões sobre a Lei Kandir – que pode interferir nas exportações do agronegócio – e do Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural), assuntos que estão em discussão no Congresso Nacional.

Soma-se a esses fatores, o aumento nos custos de produção para o ciclo, cujo calendário se iniciou, oficialmente, em primeiro de julho, e as indefinições relacionadas à disputa comercial entre Estados Unidos e China, que têm efeitos sobre a demanda pela oleaginosa no mercado global.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here