Mato Grosso tem o menor plantio de algodão dos últimos dois anos; alto custo influenciou

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) divulgou a consolidação das áreas de algodão em Mato Grosso para a safra 2020/21 que ficou em 942,37 mil hectares. A queda é de 16,76% em relação à safra anterior. A consolidação também indica queda 6,89% em comparação com o último levantamento –a menor área dos últimos dois anos.

“Com o atraso na semeadura da soja e consequentemente a postergação da colheita da oleaginosa, o produtor do Estado teve uma janela de plantio apertada e, com os altos custos com a produção do algodão, muitos cotonicultores decidiram reduzir a área ou até mesmo não plantar.Além disso, a participação da primeira safra de algodão foi maior neste ano (14,42%), devido ao reposicionamento de algumas áreas de segunda para primeira safra e ao abandono de alguns talhões de soja que precisariam ser ressemeados. Por fim, com a redução nas áreas e a manutenção da produtividade do Estado em 285,46@/hectare, a produção de algodão em caroço ficou estimada em 4,04 milhões de toneladas.

A arroba fechou a semana passada em Mato Grosso em média a R$ 152,95

Só Notícias (foto: Só Notícias/arquivo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here