População de Tapurah reclama de “reajuste indevido” na conta de água, Dae confirma erro no sistema.

A população de Tapurah, teve um susto quando recebeu a última conta de água e percebeu que o valor da fatura havia quase dobrado.

O reajuste foi autorizado via decreto prefeito de Tapurah, Iraldo Ebertz, porém segundo informações houve um erro no sistema e todas as faturas tiveram o reajuste de acordo com a tabela de consumo calculada como fosse a ultima categoria que consome acima de 40 mil litros (conforme tabela abaixo).

Segundo informações da acessória de imprensa do município aqueles que se sentirem prejudicados devem procurar o DAE (departamento de água e esgoto) do município na Avenida Das Flores para tirar outra fatura com o valor correto.

Nossa redação entrou em contato com o prefeito Iraldo Ebertz confirmou que houve realmente um erro no sistema e informou, que neste momento está em reunião com a equipe responsável para “houve sim um erro no sistema, e agora, vamos conferir as contas uma a uma e avaliar o que aconteceu, para que possamos corrigir”.

O prefeito ainda, disse que “ninguém será prejudicado, população pode ficar tranquila” disse o prefeito.

Segundo Fagner responsável pelo setor de contas, “houve reajuste na tabela tarifária, em algumas faixas de consumo teve um equivoco na forma de cálculo das faturas” disse Fagner.

Fagner orienta que “faturas em aberto favor procurar o DAE para devida correção da mesma as que já forem pagas terá o crédito lançado no faturamento seguinte conforme sua tabela de consumo”.

O DAE funciona de segunda a sexta,das 7hs às 11hs e das 13hs as 15hs mais informações: Acesse: www.dae.tapurah.mt.gov.br

Em geral, mesmo com o faturamento das contas, o aumento na tarifa se inicia 10% e pode variar entre 50% até 60% de acordo com o consumo de cada residência.

De acordo com o vereador Cleomar, a Câmara é contra esse aumento, considerado abusivo.

“Até segunda feira 23, vamos conversarmos com  a equipe técnica da prefeitura e com o prefeito e solicitar que revogue esse decreto e encaminhe a matéria para Câmara de Vereadores através de projeto de lei, que o reajuste da tarifa no projeto siga os valores do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) do IBGE” escreveu o vereador em nota de esclarecimento a população nas redes sociais.

Tarifa Residencial;
Na categoria de consumo de 0 a 10 Mil litros de água, o aumento foi de 10%.
Na categoria de consumo de 11 mil litros a 20 mil litros de água, o aumento foi de 49%.
Na categoria de consumo de 21 mil litros a 30 mil litros de água, o aumento foi de 60%.
Na categoria de consumo de 31 mil litros a 40 mil litros de água, o aumento foi de 104%.
Na categoria de consumo Acima de 40 mil litros de água, o aumento foi de 126%;

Tarifa Comercial;
Na categoria de consumo de 0 a 10 Mil litros de água, o aumento foi de 72%.
Na categoria de consumo de 11 mil litros a 20 mil litros de água, o aumento foi de 138%.
Na categoria de consumo Acima de 20 mil litros de água, o aumento foi de 111%.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here