Venda futura da soja de Mato Grosso é lenta, indica IMEA

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) divulgou novos dados sobre a comercialização no Estado. Em novembro a venda da safra 2019/20 teve poucas alterações, pois grande parte da safra já havia sido comercializada antes cerca de 99,82% da produção, valor 0,51 ponto percentual acima da safra anterior.

Para as temporadas futuras o avanço também foi lento. A comercialização da 20/21 aumentou 2,08 ponto percentual e já conta com 66,45% negociados, enquanto a 2021/22 alcançou 12,97% da produção, após o avanço de 2,57 ponto percentual no último mês.

“As preocupações em relação à safra atual, que está sob efeito de déficit hídrico, além do avançado montante de soja já vendida pelos agricultores até o momento, afetaram os negócios em novembro. Os preços médios comercializados no último mês ficaram em R$ 167,79/saca, R$ 125,92/saca e R$ 107,98/saca para as safras 2019/20, 2020/21 e 2021/22, respectivamente”, conclui o IMEA.

Só Notícias (foto: Só Notícias/arquivo)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here